• HAJA

Água: o direito à vida



Desde o fim da década de 90, as discussões dos países, através de seus chefes de estado, sobre os diversos desafios mundiais são transformadas nos chamados Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). As ODS são esforços de cooperação entre diversos países em prol de soluções globais que visam a sustentabilidade do desenvolvimento, ou seja, objetivam a manutenção da vida dos seres humanos no planeta Terra.


Cada ODS representa o comprometimento global com metas urgentes a serem cumpridas por todos os países. As primeiros ODS criadas expiraram em 2015, assim, a partir de 2012, durante a cúpula Rio+20 (Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável), iniciou-se um processo de discussão e planejamento da construção de novos objetivos e metas comuns para o desenvolvimento mundial, formando, então, a Agenda 30 com 17 ODS e 169 metas.


Segundo a ONU, esta Agenda é um plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade. Ela também busca fortalecer a paz universal com mais liberdade. Reconhecemos que a erradicação da pobreza em todas as suas formas e dimensões, incluindo a pobreza extrema, é o maior desafio global e um requisito indispensável para o desenvolvimento sustentável.

A HAJA se constitui baseando-se nesse esforço global e suas metas. Logo, compartilha do mesmo objetivo central da Agenda 30: a erradicação da extrema pobreza.


No entanto, a erradicação se passa por uma complexa teia de problemas, e dentre os desafios, existe um imprescindível e urgente: ODS número 6.



A água potável e o saneamento são direitos básicos de todo cidadão, no entanto, um terço da população mundial não tem acesso a água potável. No Brasil 31,1 milhões de brasileiros (16% da população) não têm acesso à água encanada (Fonte: G1). Além disso, no nosso país


Apenas, “43% da população possui esgoto coletado e tratado e 12% utilizam-se de fossa séptica (solução individual), (...) 18% têm seu esgoto coletado e não tratado, o que pode ser considerado como um atendimento precário; e 27% não possuem coleta nem tratamento, isto é, sem atendimento por serviço de coleta sanitário”(Atlas do Saneamento).

Segundo a ANA (Agência Nacional de Águas ), no município de Duque de Caxias, onde está uma das comunidades assistidas pela HAJA, 4 Rodas, vemos que o problema se agrava, apenas 15,40% da população possui esgoto com coleta e tratamento de água, conforme mostra o gráfico abaixo:

Dispor o esgoto sem o adequado tratamento compromete a qualidade da água nas áreas urbanas, causando impacto na saúde da população, além de dificultar o atendimento de usos a jusante, como abastecimento humano, balneabilidade, irrigação, dentre outros (Atlas Esgoto).

Infelizmente, a HAJA conhece bem essa realidade da falta de água potável e saneamento básico. Toda semana ela reúne esforços para conseguir abastecer através de caminhão pipa as famílias de 4 Rodas que vivem em Jardim Gramacho (Duque de Caxias - RJ).


A falta do acesso à água de qualidade e gestão do saneamento se agrava ainda mais se pensarmos no atual momento em que se vive o combate a uma pandemia global. Uma vez que sabemos que a principal arma de prevenção é a lavagem regular de mãos. Não proporcionar o direito básico à água potável é na realidade tirar da comunidade o direito à proteção da vida.

Segundo a ONU “Todos os anos, morrem mais pessoas das consequências de água contaminada do que de todas as formas de violência, incluindo a guerra.”

A HAJA, junto com suas parcerias e você, acredita que nenhuma vida vale menos, assim, garantir o direito à água e minimamente proporcionar o direito à vida.



Recentemente, a HAJA conseguiu, ao lado de parcerias como você, parcerias do terceiro setor e da própria comunidade, iniciar a instalação de canos para realizar o abastecimento de água potável que a CEDAE não “consegue” proporcionar. Tivemos uma conquista importante com a instalação dos canos, mas é só um início. Precisamos insistir em conseguir a sensibilização da CEDAE, do poder público, de parcerias privadas e da conscientização da população com um todo.


Contribuir com a ODS nº 6 é, também, entender sobre o seu uso consciente da água, isso, ajuda a proteger vidas. A vida está totalmente conectada com a proteção dos nossos recursos e água doce é o maior deles. Nesse sentindo a educação é, também, uma grande aliada da HAJA. Por fim, queremos que saiba que toda semana buscamos fazer nosso melhor e continuamos contando com você para nos ajudar a contribuir para a ODS 6.




Materiais consultados:

  • https://gtagenda2030.org.br/agenda-pos-2015/#:~:text=Os%20ODM%20foram%20criados%20entre,coopera%C3%A7%C3%A3o%20internacional%20e%20recebimento%20de

  • https://www.ana.gov.br/acesso-a-informacao/institucional/publicacoes/ods6/ods6.pdf

  • http://atlasesgotos.ana.gov.br/

  • https://nacoesunidas.org/pos2015/ods6/

  • https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/03/28/coronavirus-e-desafios-a-prevencao-brasil-tem-313-milhoes-sem-agua-encanada-e-116-milhoes-em-casas-superlotadas.ghtml

22 visualizações
HAJA

Para mais informações sobre projetos, parcerias, patrocínios, eventos e outros assuntos, entre em contato conosco.

Email: contato@haja.org.br

WhatsApp:: +55 21 97997-0024

Endereço: Rua São Miguel 667, 201, Tijuca, Rio de Janeiro, RJ 20530-420, BR

Logo Cinza_Horizontal2.png

© 2013-2020 Todos os direitos reservados. Criado com carinho por HAJA.