• HAJA

Solidariedade: uma forma contagiante de se viver!



Uma pandemia? Poucos de nós poderíamos imaginar que viveríamos isto, mas é real, está acontecendo para além dos filmes da TV. E a verdade é que não sabemos como essa experiência vai mudar nosso mundo.


Sentimos muito pelas vidas perdidas, pelos medos sofridos e pelos sonhos adiados. E ao bater a desesperança parecendo que tudo está perdido com milhares de vidas em perigo no mundo inteiro... olhamos para o lado e lá está a maior prova de que não! Nem tudo está perdido, há tantos acertos e há tantas vidas que não desistem de arder e nos ensinar.


Jovens ajudando idosos, empresas fabricando produtos para o SUS, hospitais públicos sendo construídos com verba privada. Restaurantes se organizando para manterem seus funcionários. Pessoas pagando por serviços que não estão recebendo, pois sabem que têm pessoas que precisaram de mais ajuda. Famosos usando sua influência para arrecadar doações. Cursos e entretenimentos gratuitos. Governos se ajudando. Empresas colaborando com laboratórios de pesquisas para desenvolverem novas soluções. Pessoas se arriscando pelo dever de servir aos outros. Famílias sem se ver para não espalharem o vírus. Profissionais da saúde do grupo de risco doando suas vidas literalmente para salvarem outras.


Claro, não iremos “tampar o sol com peneira” existem enormes problemas a serem resolvidos. Porém, também, vemos todos os dias muitos exemplos de solidariedade e, talvez, essa seja a única “vacina” capaz de salvar vidas até o momento. Sabemos que em catástrofes a união do ser humano tem sido nossa maior fonte de resiliência. Não acredite que tudo está perdido, pois não é verdade. O desânimo faz a gente acreditar que somos pequenos e inúteis diante de problemas complexos. Quando cada coisa que você toca: sua roupa, sua comida, seu detergente lhe prova que você não está sozinho, você faz parte de uma teia enorme capaz de enfrentar diversos desafios.


Na realidade a HAJA conhece e convive com pessoas que enfrentam todos os dias riscos que as que, provavelmente, estão em casa jamais imaginariam. Não temos palavras suficientes para descrever o quanto elas nos ensinam! Na última campanha que a HAJA fez para ajudar as famílias de Jardim Gramacho a enfrentarem a epidemia, arrecadamos, com a sua ajuda e solidariedade, cem cestas básicas, isso foi o início, pois ainda temos outras cem famílias na lista de espera. E no dia da entrega da cesta, o que mais observamos foi a distribuição de solidariedade. Presenciamos famílias que receberam suas cestas compartilhando parte do que lhes falta a quem não tinha recebido.


Algumas pessoas com boas condições financeiras podem até estar competindo no supermercado para ver quem leva mais, em um péssimo exemplo, diga-se de passagem. No entanto, aqui, quem tem pouco, sabe faz tempos, que eu posso até não ir com a sua cara, nem torcer para o seu time ou votar no mesmo presidente, mas que a vida só é possível se houver união.



A HAJA aprende a olhar para o lado todos os dias, aprende que duas menininhas compartilham o seu valioso chocolate com quem não tem um, porque suas famílias lhes ensinam que partilhar é um modo de vida. Por isso, a HAJA gostaria de distribuir sementes de amor e deseja que quando isso tudo terminar possamos ter um novo mundo renascido em solidariedade! Juntos! Contamos com você!







0 visualização
HAJA

Para mais informações sobre projetos, parcerias, patrocínios, eventos e outros assuntos, entre em contato conosco.

Email: contato@haja.org.br

WhatsApp:: +55 21 97997-0024

Endereço: Rua São Miguel 667, 201, Tijuca, Rio de Janeiro, RJ 20530-420, BR

Logo Cinza_Horizontal2.png

© 2013-2020 Todos os direitos reservados. Criado com carinho por HAJA.